terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Bronhas na infância

Não sei se por causa daquela experiência na piscina, comecei a gostar mais de falar sobre sexo com meus colegas. Nessa época, ainda com uns 7-8 anos, não tinha acesso a revistas pornôs e muito menos a filmes (nem existia videocassete ainda), então a gente ficava mais mostrando o pinto um para o outro, sempre no fundo do quintal ou no quarto quando não tinha ninguém em casa. Quase todos os meninos da rua faziam aquilo, era uma coisa meio inocente, curiosidade de ver um o pau do outro, quase sempre mole, as vezes esfregávamos eles o que dava muito prazer. Um dia, no quarto da casa de um amigo, nós 4 brincando, um deles apostou alguma coisa e venceu, sendo que o castigo era colocar o pau dele na boca. Contrariado o perderdor aceitou e então com um espanto que me fez registrar essa cena na mente por todos esses anos, vi o primeiro ensaio de sexo oral da minha vida. E acreditem, a inocência da situação era clara, nem o pinto do vencedor ficou duro, nem o perdedor chupou, apenas colocou na boca, mas ali vi que as brincadeiras entre meninos podiam ir mais longe.
Numa de nossas  reuniões de exibicionismo (que eu mesmo organizava pois cada vez me envolvia mais com tudo aquilo), lembrando da mulher nua na piscina, comecei a punhetar na frente deles que estavam apenas mostrando o pau. Gozei deliciosamente com a platéia olhando. A partir daí, gozar fazia parte da brincadeira e me fascinava ver meus amigos gozando, muitas vezes com os pintos encostados um no outro.
Com o tempo ficamos apenas em 4 moleques bronheiros e exibicionistas. Punhetávamos pensando nas meninas na educação física, na gostosa da vizinha, na irmã do outro....não havia um dia sem punheta.
Numa dessas eu e um amigo ficamos na janela do quarto dele vendo uma menina na rua, abaixamos as calças e começamos a sessão. Espremidos na janela, numa sensação boa de companheirismo na punheta e tesão, com o gozo quase vindo, eis que entra a mãe dele no quarto! Pior, ele ja tava começando a gozar!
Subindo as calças desesperadamente,  levamos uns safanões, eu fui embora e ele apanhou ainda mais. Não sei como é gozar e apanhar da mãe, mas deve ser horrível.  Felizmente nunca tive esse problema.
Toda vez que me pegaram no flagra em casa, me deixaram em paz. Acho que tive sorte.....

9 comentários:

  1. Respostas
    1. E bom demais uma bronha bato bronha todos os dias desde meus cinco anos

      Excluir
  2. A bronha e tudo de bom quando começámos desde criança e gostoso demais bater uma punheta todo dia na hora do banho

    ResponderExcluir
  3. Tenho dez anos e bato punheta todos os dias quando vou tomar banho pra ir pra escola e gostoso demais adoro a bronha fico feliz batendo bronha e gostoso demais

    ResponderExcluir
  4. Nao tem nada melhor do que bater uma punheta tenho oito anos e bato todos os dias descobri a punheta com seis anos eu ficava mexendo no meu pauzinho que ficava durinho era gostoso demais sentia uma coisa gostosa e fazia o vai e vem ate que senti algo maravilhoso com seis anos de minha primeira gozada foi maravilhoso eu bato no banho ate cinco punheta todos os dias e gostoso demais eu tô batendo uma punheta agora fiquei de pau duro falando de punheta to gozando que gozada gostosa

    ResponderExcluir
  5. Tenho onze anos não passo um dia sem bater uma bronha na hora do banho quando entro no banheiro já fico de pauzinho duro bato seis punheta em seguida e bom demais
    nao a nada melhor do que uma punheta do multas gozadas e gostoso demais amo a punheta

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho sete anos bato punheta todos os dias gozo muito minha primeira gozada foi aos cinco anos e gostoso demais bater punheta

    ResponderExcluir
  7. Eu apoio e recomendo a punheta para crianças eu bato punheta desde meus quatro anos não passo um dia sem bater minha punheta na hora do banho dou muitas gozadas meu nome e Paulinho tenho dez anos ainda não sai fala do meu pauzinho so uma babinha como clara de ovo cru e gostoso demais

    ResponderExcluir
  8. Paulinho continue assim eu também bato punheta todos os dias quando vou tomar banho quando entro no banheiro já fico de pau duro meu nome e Ygor tenho treze anos já tenho gala já sai guando eu gozo as vezes eu bebo minha gala e gostoso

    ResponderExcluir